Despotismo

From humanipedia
Jump to: navigation, search

(de déspota e este do gr. Despotes: chefe). Autoridade absoluta e arbitrária. Regime social e político surgido no Oriente antigo e mais tarde na América pré-colombiana. O seu fundamento é a redistribuição centralizada do rendimento socioeconômico produzido pelas comunidades agrárias e grêmios dos artesãos, e apropriada pelo Estado. Ao mesmo tempo, os sistemas despóticos praticam o saqueio e a escravidão dos povos vizinhos. Por isso o império despótico não pode subsistir sem a expansão territorial contínua. A sua base social é o sistema de castas, que reproduz o despotismo, encadeando o ser humano a determinada casta e assegurando a imobilidade social. No campo espiritual, o despotismo está ligado à deificação da pessoa do déspota, relacionado com o equilíbrio e a periodicidade cíclica dos fenômenos naturais, com a idéia de que a historia reproduz o movimento da natureza (dia, noite, estações, fluxos e refluxos, etc.).

Este fenômeno encontra-se também na Idade Media (império mongol) e em tempos recentes (os impérios de Estaline, Mao e Hitler, que tinham traços despóticos significativos, sobretudo no sistema de trabalho forçado e no poder pessoal omnímodo).

O estilo despótico de direção e gestão administrativa pratica-se atualmente em alguns estados da Ásia e África, onde a arbitrariedade do chefe e a violência sobre os súbditos, o desprezo da vida e da dignidade humana, são as regras da organização estatal. Exemplos disto são Tajiquistão e o Turcomenistão.