Fraternidade

From humanipedia
Jump to: navigation, search

(do gr. Phratria e de este o lat. Fraternitas: fraternidade). Trata-se do amor de irmão que une todos os membros da família humana. O amor fraterno é a tendência do ser humano a unir-se solidariamente com os outros para partilhar a mesma dignidade humana.

Entre os antigos gregos era entendida sob o conceito “phratria”, uma subdivisão de tribo que tinha sacrifícios e ritos próprios. Durante a Idade Média, por fraternidade entendia-se um tratamento especial que entre reis e imperadores e também altas figuras eclesiásticas. Neste sentido, o termo é usado ainda entre os religiosos.

Durante a Revolução Francesa, a consigna de fraternidade, junto às de liberdade e igualdade, converteu-se num princípio da organização social do regime republicano. A soberania, que antes encarnava o monarca, passou para o povo, que exigia tratamento especial, como a encarnação da fraternidade com ritos correspondentes.

Este termo foi, com o tempo, deslocando-se para o uso mais frequente de solidariedade e nesta redução progressiva que denota a tendência individualista atual, começa-se a usar o de “reciprocidade”, quase como condição mínima da relação humana. Não obstante, o Novo Humanismo considera a fraternidade como expressão do amor universal que une todos os seres humanos. Neste sentido, a fraternidade estende-se não somente aos membros de uma tribo, uma classe, casta ou outro grupo social, mas a todos os seres humanos, independentemente da sua raça, condição social ou religiosa.