Norte-Sul

From humanipedia
Jump to: navigation, search

(Problema de relações). Este termo é utilizado para caracterizar as relações entre os países desenvolvidos industrial e tecnicamente (Norte) e os países em vias de desenvolvimento (Sul), concentrados na sua maioria no hemisfério meridional. Em certo grau, o conceito “Sul” inclui também os países do Oriente, com exceção do Japão, Coreia do Sul e alguns outros países asiáticos, como Singapura, etc. Assim, este problema pode ser interpretado como o problema de relações injustas, de dependência e de exploração entre o centro e a periferia.

A injustiça destas relações foi reconhecida pela Assembleia Geral da ONU numa resolução especial de 1974. Desde a Conferência de Paris (1975-1977) e a reunião de Cancún (1981), dá-se o diálogo permanente entre os representantes oficiais de ambos os grupos de países. Nos marcos da ONU e suas instituições especializadas, foram criados certos mecanismos para compensar, mesmo que minimamente, esta injustiça e contribuir ao desenvolvimento económico-social e cultural dos países em vias de desenvolvimento, destinando para isso não menos do 1% do produto interno dos países desenvolvidos. Mas a corrida armamentista, os conflitos locais, o crescimento do desemprego, não permitiram lograr nem sequer este modesto objetivo; sem falar da necessidade de reestruturar as relações economias internacionais e eliminar alguns dos seus elementos injustos que travam o desenvolvimento do Sul.