Papel Social

From humanipedia
Jump to: navigation, search

(Papel: do fr. Papier, parte da obra dramática que cada ator tem que representar e que se dá para ele estudar; personagem da obra dramática representada pelo ator). Caráter ou ministério com que se intervém nos assuntos da sociedade.

O papel social tem aspetos psicológicos e sociológicos. Cada individuo desempenha determinado papel, segundo sua posição na estrutura social, segundo seu estatuto social. A sua conduta está relacionada não apenas com as suas características pessoais, mas também com seu estatuto social, exigências de situação e circunstâncias. Dentro de um grupo social, cada um desempenha determinado papel (ou papéis). Estes papéis modificam-se com as mudanças do estatuto e das circunstâncias. Cada papel tem as suas funções, obrigações e facilidades e exige a correspondência com outros, ou seja, está sujeito a determinadas normas e expectativas e tem o seu valor moral. Estas normas regulam as relações interpessoais e contribuem para a socialização da conduta pessoal e para a solução dos conflitos dentro do grupo social e dentro da sociedade. Assim, o papel social pode ser considerado como um segmento da cultura. Com o progresso social dá-se a diversificação dos papéis sociais e cada cidadão desempenha os papéis mais numerosos e complexos, não só durante sua vida, senão também durante cada um dos seus períodos, o que permite desenvolver "multifaceticamente" a sua personalidade, superar a uniformidade de determinado papel, sair dele.

Do ponto de vista da Psicologia Humanista (*), o jogo de papéis é o sistema de estruturas de comportamento de um individuo e que forma as distintas capas de sua personalidade.