Sindicalismo

From humanipedia
Jump to: navigation, search

(do francês syndicat). Associação formada para a defesa dos interesses profissionais e económicos comuns a todos os associados. Sistema de organização dos assalariados baseado no sindicato. Nasceu em Inglaterra em 1824. O direito dos operários para formar suas associações foi reconhecido em 1868. Depois estendeu-se por vários países de Europa e América e no século XX abarcou todo o mundo.

Às vezes o movimento sindical desempenha um papel político importante, participando na luta pelo poder (por exemplo, o movimento “Solidariedade” na Polónia nos anos 80). Os sindicatos e a ideologia sindicalista refletem a agudeza da confrontação social, mas em condições económicas favoráveis serve de base para a colaboração entre o trabalho e o capital. Isso o demonstra o exemplo da AFL-CIO nos EEUU.

Nos regimes autoritários, a ideologia sindicalista é usada para a manipulação das massas pelos burocratas sindicais e pelos partidos únicos, para proveito da elite governante. Isto vê-se no exemplo dos sindicatos oficiais na ex-URSS e dos seus herdeiros na Rússia de hoje; nas relações entre os sindicatos oficiais e os presidentes do México e da Argentina; nos sindicatos verticais sob o regime de Franco, em Espanha.

Nos finais do século XIX e começos do XX, tinham força o anarco-sindicalismo e o sindicalismo revolucionário mas, atualmente, a desestruturação sindical vai cedendo lugar às agrupações autónomas fragmentadas e ocasionalmente coordenadas para exigências pontuais.