Ação

From humanipedia
Jump to navigation Jump to search

(do lat. Actio, -onis, der.de agere, fazer). No campo das relações humanas, toda manifestação de intenção ou expressão de interesse capaz de influenciar numa dada situação. Por exemplo, a. social (greve, protesto público, declaração através dos meios de comunicação), a. política (participação em eleições, manifestação política, negociações, posicionamento na câmara), a. diplomática, a. militar, etc.

Alguns posicionamentos extremos não anulam a enorme quantidade de possibilidades frente à a. em geral. Os anarquistas absolutizam o papel da a. direta. Os budistas, ao contrário, tendem a sobre-estimar a atitude passiva.

Na vida pessoal é observado um conjunto de ações mais ou menos codificadas às quais denominamos ‘conduta’ ou ‘comportamento’. A psicologia humanista descobre na imagem a direção da consciência para o mundo e entende esta como atividade intencional, e não como passividade, simples reflexo ou deformação da percepção.

O Novo Humanismo postula: 1. O reconhecimento da liberdade de a. dentro de um campo de condições situacionais e de responsabilidade perante si mesmo e frente a outras pessoas; 2. A apreciação de fins e formas da a. de acordo com sua correspondência com os valores do humanismo. De conformidade com os postulados anteriores costuma se falar em coerência ou incoerência na a.