Burguesia

From humanipedia
Jump to navigation Jump to search

(do fr. Bourgeoisie). Classe dominante da sociedade capitalista, proprietária dos principais meios de produção na indústria, economia, esfera financeira e transportes. A burguesia moderna também possui a terra (latifundiários burgueses) e o subsolo. A burguesia acumula sua riqueza e, por conseqüência, o poder para explorar o trabalho assalariado dos operários e empregados.

Há diferentes camadas da burguesia: grande, média e pequena. A mais ampla é a camada de pequenos empresários e comerciantes. A camada superior, dos milionários, é pouco numerosa, mas, possui enorme potencia industrial – financeira e o poder do Estado freqüentemente se subordina aos seus interesses: dirige sua política interna e externa, impondo sua vontade a toda a sociedade. Na escala internacional, a grande burguesia de diferentes países forma corporações e bancos internacionais que dividem o mundo em zonas de influencia.

No seu momento, a burguesia interpretou um papel progressivo na historia (Revolução inglesa, Grande revolução francesa, Guerra pela independência dos EE. UU, reformas dos séculos XIX – XX). Hoje, somente a pequena e parcialmente media burguesia são capazes de intervir a partir de posições democráticas e progressistas. A grande burguesia, no momento atual, acelera o processo de informatização, o desenvolvimento de novas tecnologias e, em geral, a globalização. Não obstante, atua como freio no caminha da humanização da vida social, distorcendo a direção da liberdade individual e coletiva, ao mesmo tempo que faz sermões de idéias de violência, exclusivismo e discriminação.

O Novo Humanismo intervém para que a burguesia seja controlada pela sociedade mediante a introdução de impostos proporcionais à propriedade e a riqueza e para lograr o desenvolvimento de uma legislação anti-monopolista.