Crítica

From humanipedia
Jump to navigation Jump to search

(do gr. Kritike: arte de julgar, ajuizar). Método de análise e de apreciação da realidade, da atividade social e individual, que permite estabelecer correspondência ou divórcio entre as intenções e as ações; as promessas e seu cumprimento; as palavras e os factos; a teoria e a prática.

A capacidade do indivíduo de ajuizar com espírito crítico o ambiente em que atua e de submeter à análise crítica a sua própria experiência e conduta é uma condição indispensável para a formação da própria personalidade e um elemento essencial da educação. O grau de extensão da atitude crítica e autocrítica na sociedade caracteriza a sua força ou decrepitude, a sua capacidade ou incapacidade para o aperfeiçoamento e desenvolvimento. A crítica é premissa de toda a inovação e faz parte da força motriz do desenvolvimento e do progresso científico-técnico, artístico e social.

O método crítico facilita a compreensão dos erros cometidos e sua superação, ajudando a entender a essência das crises no desenvolvimento da personalidade e da sociedade. Mas este método não pode ser absolutizado, já que se for extremado permite descarregar a responsabilidade dos próprios erros sobre os demais e toda a sociedade. Por outro lado, a absolutização da autocrítica pode destruir a dignidade de uma pessoa, submergindo-a na culpa.

O Novo Humanismo aprecia em alto grau a prática da crítica, tanto na vida cotidiana quanto na atividade sócio-política, artística e teórica, considerando-a como um dos pilares da liberdade. Na atual sociedade de massas, a crítica expressada nos meios de comunicação social é de particular importância.