Marxismo-leninismo

From humanipedia
Jump to navigation Jump to search

Considera-se o marxismo como uma teoria cuja iniciação se deve a Carlos Marx. A maioria dos expositores desta corrente tendem a formar um corpo doutrinário conhecido como marxismo-leninismo, o qual foi-se articulando com os contributos de diferentes autores. Deste modo, existiria um marxismo correspondente à própria autoria de Marx e um marxismo-leninismo, ou escola marxista, que inclui principalmente o autor inicial, Engels, Lenine e outros. No Novo Humanismo se leva em conta esta ideologia como corrente, mesmo quando se a possa analisar detalhadamente por autor, ou por diversas posições críticas. (*Humanismo marxista, Humanismo filosófico e Anti-humanismo filosófico).

Não vamos considerar o marxismo-leninismo de acordo com o ponto de vista do Novo Humanismo, mas segundo a apreciação dos seguidores desta ideologia e tal como foi apresentada oficialmente na URSS. Transcrevemos agora alguns pontos do artigo “Marxismo-Leninismo”, do “Dicionário do Comunismo Científico”, publicado em Moscovo em 1.985: “O marxismo-leninismo é um sistema cientificamente fundamentado de conceitos filosóficos, econômicos e político-sociais. É a ciência do conhecimento e da transformação do mundo, das leis do desenvolvimento da sociedade, da natureza e do pensamento humano; das vias para a supressão revolucionária do regime de exploração e da construção do comunismo; a cosmovisão da classe operária e da sua vanguarda, os partidos comunistas e operários. O marxismo surgiu nos anos 40 do século XIX. As necessidades de um progresso social que expôs os vícios radicais do regime capitalista, de todo o sistema de exploração, o despertar do proletariado para as lutas políticas, os grandes descobrimentos das ciências naturais e o nível das investigações históricas e sociais, colocaram diante do pensamento social a tarefa de elaborar uma teoria nova, verdadeiramente científica, que pudesse responder às questões prementes, cardinais, suscitadas pela vida. Esta madura tarefa histórica foi cumprida por Marx e seu companheiro de armas, Engels. Por sua vez, Lenine, que começou sua atividade científica e revolucionaria na transição dos séculos XIX para XX, na época do afundamento do capitalismo, que tinha passado para a sua última fase: o imperialismo; e do surgimento da sociedade socialista; defendeu o marxismo contra os ataques de seus inimigos; generalizou os sucessos mais recentes da ciência e da nova experiência dos combates classistas, elevou a teoria marxista a um nível de desenvolvimento qualitativamente novo”.